Página Inicial > Arquivo de Destaques > Laboratório do IVDP na vanguarda da inovação
Destaque

Laboratório do IVDP na vanguarda da inovação

Laboratório do IVDP na vanguarda da inovação




A preparação de amostras com vista à sua posterior análise é uma das operações mais delicadas e exigentes num laboratório de análise, condicionando não apenas o rigor do resultado, o fluxo analítico, como também interferindo nos custos inerentes ao processo. Diga-se que os analitos, isto é, as moléculas que são objeto de identificação ou de quantificação, a maior parte das vezes não se prestam a ser analisadas no contexto da matriz em que estão presentes, mas há que as extrair dela através de processos físico-químicos, muito complexos, exigindo um enorme rigor quanto à “limpeza” em que se desenrola o processo, para que no final não coexistam outras moléculas analiticamente “indesejáveis”.

Este tipo de processos extrativos e de concentração, implicavam no passado a utilização de elevadas quantidades de solventes orgânicos, sendo, para além disso, operações de muito elevado custo em termos de tempo de execução e de risco ambiental e para os operadores.

Hoje em dia, todo este processo se afigura muito diferente. Disso é prova o equipamento que acaba de ser instalado no IVDP: a empresa suíça Büchi Labortechnik otimizou uma solução inovadora que colocou ao dispor do IVDP, pela qual, em seis dispositivos autónomos, se executam simultaneamente outras tantas extrações do tipo “líquido/líquido”, com concentração online até muito reduzido volume, extrações estas que são subsequentes a uma etapa extrativa automática para concentração seletiva do analito, por migração diferencial em fase sólida.

O IVDP, sempre na vanguarda da inovação, único laboratório do setor vitivinícola a dispor da solução tecnológica configurada especialmente para este propósito, iniciou desde já a utilização deste “extrator/concentrador” na preparação de amostras destinadas à determinação de carbamato de etilo em vinhos, mas dada sua elevada versatilidade, outras aplicações se seguirão, todas elas no intuito de melhorar o rigor, a rapidez e a segurança do serviço analítico prestado pelo Laboratório deste Instituto.”


 

Arquivos