Página Inicial > Arquivo de Destaques > IVDP na Comissão Nacional da OIV
Destaque

IVDP na Comissão Nacional da OIV

 

O Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) acaba de ver reeleitos para a Comissão Nacional da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) dois dos seus colaboradores. Na eleição para a coordenação dos grupos de peritos, Alberto Ribeiro de Almeida e Paulo Barros continuam como coordenadores dos grupos economia e direito e métodos de análise, respetivamente. Paulo Barros é ainda secretário científico da subcomissão de métodos de análise da OIV (Comissão II), os quais são adotados diretamente pela Comissão Europeia como métodos de análise comunitários de vinhos.

A Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), da qual Portugal é membro fundador, foi criada em 1924. É um organismo intergovernamental com reconhecida competência técnica e científica no panorama vitivinícola mundial, que tem na Comissão Nacional da OIV a sua estrutura nacional de acompanhamento e de interligação com as várias atividades que desenvolve. Esta eleição de dois elementos da equipa do IVDP tem, por isso, uma grande importância não só para o reconhecimento do papel da instituição no setor como até para o posicionamento do país na maior organização mundial da Vinha e do Vinho.

O Presidente do IVDP, Manuel de Novaes Cabral, valoriza "sobremaneira a nossa participação nestas instâncias que não são apenas de debate mas, também, em certos casos de decisão, e que constituem a melhor forma de defendermos os nossos interesses junto das entidades internacionais", acrescentando que "desde 2009 a UE assume as deliberações da comissão dos métodos de analise da OIV como métodos obrigatórios na vitivinicultura europeia".
 

Arquivos