Logótipo IVDP
Wines of Portugal
Loja do Porto
Follow me on Twitter
Facebook
Mapa do site
Saphety
O IVDP é membro do “Center for Wine Origins” nos Estados Unidos.
Símbolo de Acessibilidade à Web [D]
Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C
Página Inicial > Informação > Org. Institucional > Confrarias > Confraria do Vinho do Porto

Confraria do Vinho do Porto

Confraria do Vinho do Porto

Em Novembro de 1982 foi constituída a CONFRARIA DO VINHO DO PORTO, com sede no Palácio da Associação Comercial do Porto (Palácio da Bolsa) na cidade do Porto. Tendo 'por fim a difusão, promoção e consolidação do renome mundial do Vinho do Porto', Acolhe no seu seio pessoas que exercem a sua actividade profissional no comércio e exportação do Vinho do Porto que têm o nome de CONFRADES e grau de MESTRE; os empregados superiores das empresas exportadoras de Vinho do Porto têm o grau de EXPERTO, MESTRES e EXPERTOS. São orgãos da Confraria: CHANCELARIA e MESA DE VEDORES. A Chancelaria é composta pelo CHANCELER (sua figura de máxima representatividade), ALMOXARIFE, COPEIRO-MOR. ALMOTACÉ e FIEL DAS USANÇAS.

Confraria do Vinho do PortoQuando os Confrades se reúnem oficialmente convocados pelo Chanceler, tem lugar um CAPITULO e então são tomadas decisões importantes sobre a Confraria, sendo uma das maiores a admissão de novos Confrades, efectivos ou honorários, estes sob os graus de CHANCELÁRIO, INFANÇÃO E CAVALEIRO. Para além dos Estatutos possui ainda a Confraria as USANÇAS, o seu regulamento interno, que estabelece com o maior detalhe a vida interna da Confraria do Vinho do Porto.

A Confraria do Vinho do Porto tem como personagem tutelar o Infante D. Henrique pois considera que o espírito universal do Vinho do Porto coincide com a figura indelével daquele Príncipe. O chapéu do trajo dos Confrades é uma cópia do utilizado pelo Infante D. Henrique.

 

As Entronizações

EntronizaçõesComo dizem as Usanças as ' entronizações são o acto maior da Confraria, pelo que o mesmo terá que ser rodeado do maior cuidado na sua efectividade, dignidade e em tudo de acordo com o prestígio que se pretende para o Vinho do Porto '. Estabelecem igualmente as Usanças que a entronização tem que ser realizada na Sala do Tribunal de Comércio do Palácio da Bolsa.

 

Corrida de Barcos Rabelos

Barcos Rabelos

 

Pretende-se com esta iniciativa dar vida ao histórico BARCO RABELO de tão profundas tradições e que permitiu o trajecto do Vinho do Porto da Região do Douro até ao Porto e assim conquistar, a partir desta cidade, um lugar da maior importância em todos os principais mercados do Mundo. A última viagem do Barco Rabelo, da Região do Douro para Vila Nova de Gaia aconteceu em 1964. Depois dessa data. os poucos existentes têm permanecido ancorados no Rio Douro, no cais de Gaia, para fins publicitários das firmas exportadoras suas proprietárias. Por iniciativa da Confraria do Vinho do Porto, todos os anos a 24 de Junho, dia de S. João, realiza-se a corrida dos Barcos Rabelos, desde a Foz do Rio Douro até à Ponte D. Luís (Ribeira) no Porto. Hoje esta corrida faz parte do programa oficial das festas da cidade do Porto e é um autêntico acontecimento popular e turístico.

Declaração do Vintage Confraria - Garrafeira da Confraria

Desde que um mínimo de 10 firmas exportadoras de Vinho do Porto declarem Vintage, isto é, tenham anunciado a sua intenção de comercializar o Vinho do Porto duma só colheita, de excepcional qualidade, como sempre é a de Vintage, a Confraria declara o VINTAGE CONFRARIA. O primeiro VINTAGE CONFRARIA declarado foi o de 1982.

Homenagem da Confraria do vinho do Porto ao Infante D. Henrique

No entender da Confraria tem o Infante D. Henrique, o Grande Príncipe Português, 3º Filho de El-Rei D. João I, nascido no Porto e incentivador das viagens marítimas mais extraordinárias, tem dizíamos, o espírito universal que é também apanágio do Vinho do Porto. Por este facto elegeram o infante D. Henrique como seu Patrono e o consagraram como o seu primeiro Cancelário, o grau honorífico máximo da Confraria, pela primeira vez concedido. A Confraria do Vinho do Porto, para além de em todas as circunstâncias e oportunidades pretender celebrar o magnífico Vinho do Porto, homenageia as pessoas que lhe têm prestado bons e leais serviços, cultiva o respeito pelas melhores tradições ligadas ao nosso Vinho e, como é óbvio, tem uma profunda ligação ao que de mais autêntico caracteriza o génio de Portugal e de seus filhos mais queridos. Porque o Vinho do Porto faz a síntese de todo este espírito, as cerimónias da Confraria e discursos do seu Chanceler terminam sempre com a saudação.

PELO VINHO DO PORTO
PELA CONFRARIA
PELOS CONFRADES

Confraria do Vinho do Porto

Confraria do Vinho do Porto
Rua Barão Forrester, 412
4400 Vila Nova de Gaia
Tel: +351 223745525
Fax: +351 223705400
Site: www.confrariavinhodoporto.com/

 
Ministério da Agricultura QRENCompete