Logótipo IVDP
Wines of Portugal
Loja do Porto
Follow me on Twitter
Facebook
Mapa do site
Saphety
O IVDP é membro do “Center for Wine Origins” nos Estados Unidos.
Símbolo de Acessibilidade à Web [D]
Em conformidade com o nível 'AA' das WCAG 1.0 do W3C
Página Inicial > Circulares > Circular nº 06/2005
Circular nº 06/2005

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto - 06-05-2005

No sentido de poder responder às solicitações apresentadas por diversas empresas para emissão de uma declaração formal quanto à ausência de organismos geneticamente modificados (OGM’s), ou produtos adjuvantes, geneticamente modificados, nas aguardentes utilizadas para a produção dos vinhos do Porto, informamos que o IVDP apenas emitirá tal documento quando o pedido de certificação de aguardentes vier acompanhado de uma declaração em que seja atestada a inocuidade da aguardente relativamente a OGM’s.
Assim, a partir desta data, deverão os destiladores completar os pedidos de certificação de aguardente com a referida declaração, condição necessária para a emissão da consequente declaração pelo IVDP.
Complementarmente, e sendo de admitir a crescente exigência dessa declaração por parte dos clientes internacionais, julgamos que seria importante que os operadores de Vinho do Porto sensibilizassem os destiladores para o facto de, apenas com a apresentação da declaração com o pedido de certificação da aguardente, poder o IVDP emitir declaração sobre a ausência de OGM’s.

Versão para Impressão

Circulares
 
Ministério da Agricultura QRENCompete